Psicologia

O que é sensibilidade cultural? – Definição, exemplos e importância

O que é sensibilidade cultural?

A sensibilidade cultural se refere a um conjunto de habilidades que permite compreender e aprender sobre pessoas cuja formação cultural não é igual à sua. Mas o que isso realmente significa? Vamos dar uma olhada em alguns exemplos.

Exemplos

Exemplo 1

Avery Jones, uma afro-americana de 55 anos, não tem se sentido bem. Como ela é nova na cidade e ainda não teve a chance de estabelecer cuidados com um médico, ela decide ir ao Dr. James Morrison por recomendação de sua amiga. Em seu primeiro encontro, o Dr. Morrison de 32 anos se apresentou como ‘Dr. Morrison ‘e a chama de’ Avery ‘. A Dra. Morrison então assume que ela está tomando Medicaid. Avery Jones deixa a clínica do Dr. Morrison chateada e decide encontrar um médico diferente. Dr. Morrison está obviamente confuso sobre sua resposta. Então, o que ele fez de errado?

Neste exemplo, o Dr. Morrison não estava sendo culturalmente sensível. Em muitas culturas, é comum chamar as pessoas pelo sobrenome, especialmente quando são mais velhas que você. Já que o Dr. Morrison chamou sua paciente de ‘Avery’ em vez de ‘Sra. Jones ‘, ela interpretou isso como um sinal de desrespeito. Para piorar as coisas, o Dr. Morrison presumiu que Avery estava tomando Medicaid com base apenas em sua impressão inicial dela. Isso não apenas aborreceu a Sra. Jones, mas também a impediu de receber o tratamento médico de que precisava.

Então, como seria a abordagem culturalmente sensível? Em vez de chamá-la de ‘Avery’, o Dr. Morrison teria perguntado como ela gostaria de ser tratada. Ele poderia, então, fazer uma anotação em seu prontuário para que todos os funcionários soubessem como tratá-la como ‘Sra. Jones. ‘ Em vez de presumir que a Sra. Jones estava no Medicaid, o Dr. Morrison teria perguntado se ela tinha seguro médico e quem era seu provedor de seguro. Ou talvez, ele teria evitado o assunto todos juntos, já que a maioria dos consultórios tem um departamento de cobrança que trata de assuntos de seguros. Vejamos outro exemplo.

Exemplo 2

Jane é uma mulher de negócios internacionais cuja empresa decidiu abrir um escritório no Japão. Jane está se preparando para sua primeira reunião no novo escritório. Jane tem vários assistentes japoneses trabalhando com ela para ajudá-la a se preparar. Jane tenta chamar um dos assistentes para entrar em seu escritório. Em vez de apontar o dedo indicador para a assistente, Jane vai até ela e educadamente pede que ela se junte a ela no escritório.

Como Jane está sendo culturalmente sensível? Embora seja normal acenar para alguém nos Estados Unidos curvando-se ou apontando o dedo indicador para ele, no Japão esse comportamento é visto como ofensivo.

É óbvio que Jane dedicou tempo para aprender sobre a cultura japonesa e ajustar seu comportamento à cultura. Jane não está valorizando essas diferenças culturais, ou seja, Jane não está dizendo que sua cultura é melhor do que a cultura japonesa. Em vez disso, ela está sendo respeitosa com a cultura de seus assistentes, mantendo a mente aberta e educando-se sobre a cultura para que possa administrar um negócio melhor.

Importância da sensibilidade cultural

Nossa cultura influencia muitos aspectos de nossas vidas. Influencia a forma como interagimos com outras pessoas e com o mundo ao nosso redor. Pessoas que são culturalmente sensíveis são capazes de funcionar em outras culturas. Eles valorizam e respeitam a diversidade e estão abertos a aprender coisas do ponto de vista dos outros.

A sensibilidade cultural nos permite responder de maneira respeitosa e apropriada a diferentes tipos de pessoas, de uma forma que reconheça e afirme seu valor, independentemente de sua formação cultural. A sensibilidade cultural é especialmente importante para ajudar profissionais como médicos, psicólogos e enfermeiras. Isso ocorre porque as barreiras culturais entre profissionais e seus pacientes podem levar a cuidados de saúde inadequados entre grupos minoritários.

Existem várias maneiras de melhorar sua sensibilidade cultural, incluindo:

  • Estar aberto para aprender sobre as tradições e crenças de outras culturas
  • Estar ciente de sua própria cultura e como ela o influenciou
  • Examinando seus próprios preconceitos e preconceitos
  • Buscar conhecimento sobre outras culturas, especialmente aquelas que você encontra com frequência
  • Reserve um tempo para ouvir os outros e fazer perguntas em vez de fazer suposições

Resumo da lição

Vamos revisar. A sensibilidade cultural é definida como habilidades que nos permitem aprender e compreender outras pessoas que vêm de uma formação cultural diferente. A sensibilidade cultural é importante porque nos permite funcionar efetivamente em outras culturas, nos permite respeitar e valorizar outras culturas e pode reduzir as barreiras culturais entre os profissionais e seus pacientes. Podemos melhorar nossa sensibilidade cultural examinando nossos preconceitos e aprendendo sobre outras culturas que encontramos, entre outras coisas.

Maneiras de melhorar a sensibilidade cultural

culturalmente sensível
  • Preste atenção aos próprios preconceitos e preconceitos
  • Escute os outros
  • Faça perguntas em vez de fazer suposições
  • Cultive conhecimento sobre outras culturas

Resultados de Aprendizagem

Depois de concluir a lição sobre sensibilidade cultural, você pode ter a capacidade aprimorada de:

  • Entenda o que significa o termo ‘sensibilidade cultural’
  • Discuta exemplos de pessoas que apresentam sensibilidade cultural ou falta de sensibilidade
  • Determine as razões pelas quais a sensibilidade cultural é importante
  • Descrever métodos para melhorar a sensibilidade cultural