Biología

O que é diversidade de espécies? – Definição, Importância e Exemplos

Definição de Diversidade de Espécies

Imagine perseguir um lagarto com chifres, e ele usa uma tática bizarra para detê-lo, esguichando sangue de seu olho. Imagine mergulhar e encontrar um dos peixes mais feios do mundo, o tamboril. Isso não é ficção científica; isso é real. Existem algumas criaturas bizarras que chamam a Terra de casa. A diversidade de criaturas que vagam pela Terra é absolutamente surpreendente.

Um lagarto com chifres espirra sangue para assustar predadores

Um tamboril sorri para a câmera

A diversidade de espécies é definida como o número de espécies e a abundância de cada espécie que vive em um determinado local. O número de espécies que vivem em um determinado local é denominado riqueza de espécies . Se você fosse medir a riqueza de espécies de uma floresta, poderia encontrar 20 espécies de pássaros, 50 espécies de plantas e 10 espécies de mamíferos. Abundância é o número de indivíduos de cada espécie. Por exemplo, pode haver 100 castores da montanha que vivem em uma floresta. Você pode falar sobre a diversidade de espécies em pequena escala, como uma floresta, ou em grande escala, como a diversidade total de espécies que vivem na Terra.

Diversidade de espécies da Terra

Quantas espécies você acha que vivem na Terra? Existem aproximadamente 1,8 milhões de espécies diferentes classificadas na Terra. De todas as espécies identificadas, quase um milhão são insetos! Novas espécies estão sendo descobertas a cada ano. Os cientistas estimam que pode haver entre 5 a 30 milhões de espécies que realmente vivem na Terra. A cada ano, aproximadamente 13.000 outras espécies são adicionadas a essa lista crescente de espécies conhecidas. Por exemplo, em 2013, uma espécie de cobra venenosa chamada víbora verde da palmeira foi descoberta no país de Honduras.

Uma víbora venenosa verde palmeira espera por sua presa

Em 2014, uma espécie de mamífero carnívoro chamado olinguito foi descoberta na Colômbia e no Equador. Quem sabe que criatura estranha pode ser descoberta este ano!

O olinguito fofo pendurado em uma árvore

Os pontos mais quentes para a diversidade de espécies são as florestas tropicais. As florestas tropicais representam apenas 7% de todas as terras da Terra, mas abrigam quase 50% de todas as espécies da Terra! Na Costa Rica, existem mais de 1.400 espécies de orquídeas, 1.200 espécies de borboletas e 600 espécies de pássaros! Espécies interessantes de mamíferos também vivem aqui, como macacos bugios, onças-pintadas e preguiças.

Um macaco uivador espera em uma árvore

Importância da Diversidade de Espécies

Existem inúmeras razões pelas quais a diversidade de espécies é essencial. Cada espécie tem uma função no ecossistema. Por exemplo, as abelhas são polinizadores primários. Imagine o que aconteceria se as abelhas fossem extintas. Frutas e vegetais podem ser os próximos e, subsequentemente, os animais que se alimentam deles - essa cadeia liga-se aos humanos. Várias espécies nos fornecem não apenas alimentos, mas também contribuem para água limpa, ar respirável, solos férteis, estabilidade climática, absorção de poluição, materiais de construção para nossas casas, prevenção de surtos de doenças, recursos medicinais e muito mais. Vejamos alguns exemplos.

A diversidade de espécies contribui para a saúde do ecossistema. Cada espécie é como um fio que mantém unido um ecossistema. Se uma espécie desaparece, todo um ecossistema pode começar a se desfazer. A diversidade de espécies é crucial para a saúde do ecossistema. Por exemplo, no noroeste do Pacífico, o salmão mantém unido todo o ecossistema. O salmão carrega nutrientes ricos do oceano de volta ao ambiente do riacho. Quando o salmão morre, esses nutrientes são devorados por insetos, plantas, mamíferos e pássaros. Se o salmão desaparecesse, os impactos seriam sentidos em toda a cadeia alimentar.

A diversidade de espécies também contribui para a medicina. Os cientistas descobriram que mais de 3.000 plantas têm propriedades de combate ao câncer. Por exemplo, uma planta chamada rosy periwinkle tem produtos químicos naturais que ajudam a tratar a leucemia infantil. Além disso, o fruto de uma árvore chamada anis estrelado chinês é um ingrediente das vacinas contra a gripe. A lista continua: aspirina, codeína e pseudoefedrina são provenientes de plantas. Ainda existem tesouros medicinais a serem descobertos. Talvez oculta em alguma floresta esteja a cura do câncer.

Ameaças à diversidade de espécies

Nossa população humana está disparando, com mais de sete bilhões de pessoas vivendo na Terra. À medida que nossa população cresce, também aumenta nossa demanda em nosso meio ambiente. Um aumento na população significa que mais florestas são desmatadas para casas, mais áreas úmidas são drenadas para shopping centers e mais água potável é sugada de nossos rios. Essa pressão constante sobre o meio ambiente está levando muitas espécies à beira da extinção.

Quantas espécies estão desaparecendo? Esta é a pergunta de um milhão de dólares, porque ninguém sabe exatamente quantas espécies realmente existem na Terra. As estimativas variam de 200 a 23.000 espécies extintas a cada ano. Espécies como o sapo dourado da Costa Rica desapareceram recentemente da face da Terra.

O sapo dourado está extinto

A perda da diversidade de espécies preocupa os cientistas, trazendo questões importantes. O que acontecerá se perdermos a maioria das espécies da Terra? O que essa perda significa para a saúde do ecossistema? O que a perda da diversidade de espécies significa para a existência humana?

Resumo da lição

Nesta lição, você aprendeu que a diversidade de espécies é definida como o número de espécies e a abundância de cada espécie que vive em um determinado local. O número de espécies que vivem em um determinado local é chamado de riqueza de espécies . Abundância é definida como o número de indivíduos de cada espécie.

Existem aproximadamente 1,8 milhões de espécies diferentes classificadas na Terra. Novas espécies ainda estão sendo descobertas a cada ano. Os cientistas estimam que pode haver 5 a 30 milhões de espécies que vivem na Terra. Os pontos mais quentes para a diversidade de espécies são as florestas tropicais.

A diversidade de espécies é importante para a saúde do ecossistema e para a medicina. Se uma espécie desaparece, todo um ecossistema pode começar a se desfazer. A madeira em nossas casas, os remédios que tomamos e os alimentos que comemos estão todos ligados à diversidade de espécies. O crescimento da população humana está ameaçando a diversidade de espécies. À medida que a população humana cresce, aumenta também a pressão que exercemos sobre o meio ambiente. Essa pressão constante sobre o meio ambiente está levando muitas espécies à beira da extinção. As estimativas variam de 200 a 23.000 espécies extintas a cada ano.

Visão geral da diversidade de espécies

riqueza de espécies

Termos Explicações
Diversidade de espécies o número de espécies e abundância de cada espécie que vive em um determinado local
Riqueza de espécies o número de espécies que vivem em um determinado local
Abundância o número de indivíduos de cada espécie

Resultados de Aprendizagem

Concluir esta lição deve ajudá-lo com o seguinte:

  • Descreva a diversidade de espécies
  • Identifique a riqueza da diversidade
  • Reconhecer a importância da abundância na diversidade
Artículos relacionados